Punk família com anos de estrada: Pupo e a sonoridade madura do Metranka

Punk família com anos de estrada: Pupo e a sonoridade madura do Metranka

12 Sep 2015


Depois de anos tratando a cena músical como sua família, Pupo – frontman do Metranka – teve que dar um tempo para cuidar de sua família de verdade. É uma história comum para muitos músicos que têm que decidir o que querem do futuro lá pelos 20 e poucos anos: as noites intermináveis, os shows cancelados e companheiros de banda sem o mesmo comprometimento acabam sendo deixados de lado em troca de uma vida mais estável.

Mas para Pupo, criar seus filhos nunca significou abandonar a música. “Eu nunca parei. Sempre tive a iniciativa de recrutar os músicos, de correr atrás de shows. Eu sempre fui o cara que comprava equipamentos.” E o investimento na família não foi em vão – seus filhos agora tocam baixo e bateria no Metranka, sua banda de punk rock clássico. Finalmente o agora músico das antigas tem um projeto para chamar de seu.

E após gravar dois álbuns de punk rock com um som pesado, não existe o medo de que a banda se separe. “O principal é que nossa família está sempre junta”

Metranka veio para o estúdio Converse Rubber Tracks Brasil para trabalhar no seu primeiro novo material em meses. A sessão teve muitas surpresas, mesmo para um veterano como Pupo: “Esse tipo de coisa não existe! Eu usei um amplificador que eu nunca tinha nem chegado perto na vida!”.


Galeria: