Família Gangsters: Maracatu, dub, rock e ska. tudo junto mas sem misturar

Família Gangsters: Maracatu, dub, rock e ska. tudo junto mas sem misturar

3 Nov 2015

Os paulistas do Família Gangsters podem até alternar entre meia dúzia de gêneros em uma música só, mas não os rotule como fusion. As músicas do trio se completam ao invés de se misturar, deixando bem claras e distintas as estruturas elementares do dub, ska, rock e de ritmos brasileiros em sua obra.

O resultado é um som cosmopolita que faz com que elementos tradicionais dêem a sensação de algo novo – um apelo ímpar que contribuiu para que a banda independente construisse uma base sólida de fãs que os acompanham ao longo de 8 anos e 2 álbuns completos.

Agora no meio do processo criativo do seu terceiro álbum, a banda veio ao estúdio Converse Rubber Tracks em São Paulo para gravar bateria, baixo e guitarra para três novas faixas.

“O primeiro estilo que tocamos foi o rock. Daí começamos a expandir nosso repertório musical para outros gêneros e assimilando novas influências como música brasileira, reggae, ska e dub – e foi de onde veio a ideia de criar algo que combinasse isso tudo.”

E assim fizeram! No seu álbum de estréia chamado Familiarismo, faixas de hardcore se encontram em meio ao som do maracatu e ska jamaicano de dois tons. Ao lançar África, o seu mais recente trabalho de 2014, a banda foi ainda mais fundo na mistura, tendo a participação de rappers e músicos de Moçambique.

Ao invés de fundir essas influências em uma massa homogênea, Família Gangsters preserva suas características únicas. O resultado pode ser extremamente incomum, mas sempre atraente. As faixas se comportam como uma cidade diversificada – culturas diferentes coexistindo para construir algo novo.

Durante a sessão, a banda aproveitou a grande sala de gravação do estúdio do Converse Rubber Tracks Brasil para gravar toda a parte instrumental simultaneamente.

“É mais orgânico e visceral já que sentimos todas as nuances de se tocar juntos lado a lado, mexendo nos pedais. Dá uma vibe mais natural que curtimos muito.”

Ouça o som híbrido do Família Gangsters retirado do seu último álbum e confira a música gravada em sua sessão do Converse Rubber Tracks no próximo álbum gratuito prestes a ser lançado.

Galeria: